fbpx

Tratamento de Águas Residuais

Como é que o ozono atua no tratamento de águas residuais?

O processo de tratamento de águas residuais requer um agente potente. Neste artigo, irá ver como o Ozono pode tratar até mesmo águas residuais, eliminando vírus, bactérias, protozoários e muitos outros microrganismos, reduzindo o uso de produtos químicos e deixando o processo mais amigo do ambiente.

E como pode o Ozono atuar no sistema de tratamento de efluentes? Aprenda ao ler abaixo!

Nos últimos 20 anos, os humanos têm vindo a estar mais expostos às águas residuais libertadas no meio ambiente.

A ozonização é uma tecnologia emergente para a desinfeção e remoção de micro-poluentes presentes nas águas residuais.

Como o ozono é um agente altamente desinfetante e oxidante, muitos municípios e indústrias preferem essa tecnologia vantajosa para tratar as águas residuais.

A aplicação de ozono nas águas residuais tornou-se cada vez mais popular porque é um processo fiável.

Como funciona?

O principal mecanismo de destruição de organismos patogénicos para prevenir a propagação de doenças transmitidas pela água é a desinfeção e, o ozono é considerado, por muitos estudos, o agente desinfetante e oxidante mais poderoso.

O ozono é um oxidante poderoso e é capaz de degradar oxidativamente muitos compostos orgânicos e inorgânicos. A ozonização degrada com eficiência a maioria dos micro-poluentes presentes nas águas residuais.

O ozono é solúvel em água e decompõe-se em oxigénio, não deixa nenhum produto residual prejudicial, nenhum problema de disposição de lodo e aumenta o teor de oxigénio dissolvido (OD) das águas residuais, o que ajuda ainda mais na degradação do poluente residual.

É também um desinfetante poderoso. O ozono não produz poluentes secundários em comparação com o cloro, que produz THM, cloraminas que são cancerígenas por natureza.

Uma reação de ozono mais rápida significa menor tempo de contato.

As reações com os vírus são rápidas e não há riscos e problemas de toxicidade e odor. O ozono é 25 vezes mais eficaz do que o ácido hipocloroso, 2.500 vezes mais do que o hipoclorito e 5.000 vezes mais do que as cloraminas. Todas essas excelentes propriedades têm tornado a ozonização cada vez mais aplicável em diferentes campos de tratamento de águas residuais e de água potável.

A ozonização, que é utilizada no tratamento avançado de efluentes de águas residuais secundárias e que tem mostrado potencial como meio de peroxidar e desinfetar efluentes de águas residuais primárias, parece promissora nesse sentido. Estudos recentes demonstraram que doses relativamente baixas de ozono (O3) (e5 mg / L) podem resultar na depleção> 90% de muitos compostos antibacterianos em águas residuais.

O ozono eliminao os seguinte microrganismos que estão presentes em águas residuais:

ORGANISMO

DOENÇA PROVOCADA

BACTÉRIAS

Escherichia coli (enterotoxigénico)

Gastroenterite

Leptospira (spp.)

Leptospirose

Salmonella typhi

Febre tifóide

Salmonella (2,100 sorotipos)

Salmonelose

Shigella(4 spp.)

Shigelose (disenteria bacilar)

Vibrio cholerae

Cólera

PROTOZOÁRIOS

Balantidium coli

Balantidíase

Cryptospodidium parvum

Criptosporidiose

Entamoeba histolytica

Amebíase (disenteria amebiana)

Giardia lamblia elminths

Giardíase

Ascaris lumbricoides

Ascaridíase

T.solium

Teníase

Trichuris trichiura

Tricuríase

VÍRUS

Enterovírus (72 tipos, ex: vírus da poliomielite, echo e coxsackie)

Gastroenterite, anomalias cardíacas, meningite

Hepatite A Virus

Hepatite infeciosa

Agente Norwalk

Gastroenterite

Rotavírus

Gastroenterite

Uso do Ozono

O ozono é usado para tratar uma grande variedade de águas residuais, incluindo:

  • Municipais

  • Indústrias de papel

  • Indústrias de têxteis

  • Processamento de carnes

  • Tratamento de dejetos animais

  • Sético

  • Reciclagem de fluidos de corte

  • Efluentes de processamentos de ovos de galinha

  • Reciclagem de água de lavanderia

O ozono é cada vez mais usado, em combinação com outros tratamentos, para eliminar todos os vestígios de substâncias nocivas. A vantagem aqui é que o tratamento com ozono não requer o uso de produtos aditivos, que podem ser tóxicos.

Aplicar as técnicas convencionais de purificação primeiro e seguir com a ozonização como um segundo estágio, é recomendado por muitos investigadores. Assim, o ozono é cada vez mais utilizado como etapa final de tratamento para a eliminação de todos os vestígios de substâncias nocivas.

A eficácia da desinfeção depende da suscetibilidade dos organismos-alvo, do tempo de contacto e da concentração de ozono.

Todas as suas propriedades tornaram o ozono o tratamento definitivo para todos os tipos de tratamento de águas residuais.

Benefícios

  • O ozono é um desinfetante eficaz e mata bactérias e vírus;

  • Não há resíduos prejudiciais que precisem de ser removidos após o tratamento com ozono porque ele se decompõe rapidamente;

  • O ozono atua como um desodorizante eficaz e remove odores desagradáveis ou químicos da água tratada;

  • Após a ozonização, não há crescimento de microrganismos;

  • O ozono elimina metais pesados das águas residuais;

  • O ozono elimina os fenóis (coqueria, refinarias de petróleo, planta petroquímica, minas, linhas de processos químicos e farmacêuticos, alimentos, …).

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt
0